Teste de Eficiência realizado no CP CRV Lagoa chega ao fim com dia de campo em São Paulo

Com um método de avaliação semelhante ao Teste de Eficiência Alimentar (TEA), realizado pela Associação Brasileira de Hereford e Braford (ABHB) em parceria com a Embrapa Pecuária Sul, a Prova de Eficiência Alimentar da CRV Lagoa chegou ao fim, com a última pesagem, no dia 31 de maio.

A prova, realizada no moderno e tecnológico Centro de Performance (CP) da CRV, localizado em Sertãozinho (SP), reuniu 56 reprodutores das raças HB, divididos entre 28 touros Hereford e 28 touros da raça Braford.

Finalizada a etapa de pesagens, os reprodutores serão submetidos, no dia 6 de junho, a avaliação de ultrassom, exame andrológico e serão inspecionados pelos técnicos da ABHB, além de receberem a marca HB.

Já no dia 25 de junho, terça-feira, está prevista uma intensa programação com dia de campo, palestras e degustação de carne Certificada Hereford. Por volta das 9h da manhã, uma comitiva composta pelo presidente da ABHB, Luciano Dornelles, o presidente do Conselho Deliberativo Técnico (CDT), Aldo José Tavares dos Santos, o Vice Presidente de Promoção das Raças, Celso Jaloto, e pela Gerente do Programa Carne Pampa, Fabiana Freitas, realizará uma apresentação das ações da entidade.

Serão expostos dados como o número de animais registrados, resultados do Programa Carne Pampa e também sobre a estrutura da Prova de Avaliação a Campo (PAC) das raças Hereford e Braford. Ainda durante o dia de campo, os participantes serão convidados a inspecionar todos os animais que farão parte da oferta.

A noite está reservada para o leilão, que deve ter início por volta das 20h, sob a responsabilidade da Central Leilões e contará com a transmissão do Canal do Boi. Para Cassiano Pelle, Gerente do CP CRV Lagoa, o Dia de Campo é uma atividade muito importante. “Considero uma iniciativa louvável da ABHB promover um evento assim porque é uma oportunidade de divulgar os trabalhos realizados pela entidade”, afirmou. Pelle ainda falou sobre o leilão dos animais participantes do teste de eficiência. “É bastante promissor, principalmente para abrir novos mercados e realizar vendas para o Brasil Central”, comentou.

Texto: Murilo Alves 

Edição: Dhésika Vidikin, reg. prof. 19.647

Ascom ABHB

Deixe uma resposta

Fechar