PampaPlus reúne criadores e avaliadores para capacitação em Santa Vitória do Palmar

A cidade de Santa Vitória do Palmar, localizada no extremo sul do Brasil, na fronteira com Uruguai, foi sede nos dias 05 e 06 de novembro, de mais uma capacitação técnica do Programa de Melhoramento Genético da Associação Brasileira de Hereford e Braford, o PampaPlus. Realizada em parceria com a Embrapa Pecuária Sul, o evento reuniu cerca de 30 pessoas entre criadores, avaliadores e pesquisadores.

A atividade, conduzida pela Coordenadora Interina do PampaPlus e Superintendente de Registros Genealógicos da ABHB, Zilah Cheuiche, e pelo Chefe Adjunto de Pesquisa e Desenvolvimento da Embrapa Pecuária Sul, Fernando Cardoso, tinha como objetivo esclarecer dúvidas sobre critérios de avaliação, conceitos de melhoramento genético e praticar avaliações fenotípicas

 “Ficamos muito satisfeitos com a presença do público e com a atividade como um todo. Estamos buscando aperfeiçoar cada vez mais as capacitações, com um formato mais dinâmico e trazendo mais atividades práticas e com palestras mais interativas”, revelou Zilah.

A programação começou na terça-feira, pela manhã, com o presidente do Conselho Deliberativo Técnico da ABHB, Aldo José Tavares dos Santos, dando as boas-vindas aos participantes. O ciclo de palestras iniciou na sequência, com o Dr. Fernando Cardoso, falando sobre os conceitos de melhoramento genético aplicados ao PampaPlus.

Miguel Ferreira inspetor técnico da ABHB, e Zilah Cheuiche, revisaram os conceitos de avaliações fenotípicas para a atividade prática. Encerrando as palestras, o pesquisador da Embrapa Pecuária Sul, Marcos Yokoo, versou sobre a metodologia de avaliação dos resultados na prática.

Na quarta-feira, foi a vez da atividade prática realizada na Estância Tamanca, dos sócios e criadores Luciano e Ricardo Terra. Os participantes realizaram uma atividade prática atribuindo notas individuais para exemplares da raça Hereford, em busca de nivelar conceitos de avaliação de escores visuais.

De acordo com o presidente do CDT, a capacitação é de grande importância tanto para preparar e treinar os técnicos e criadores que utilizam o PampaPlus, como para discutir e reafirmar conceitos de posicionamento de produção de gado, levando também informações para criadores que não utilizam o programa. “O evento, envolve não só usuários do programa e técnicos, mas também atrai criadores das raças HB que as vezes não utilizam o PampaPlus, portanto, quando realizamos atividades assim buscamos apresentar a metodologia e mostrar o que estamos fazendo de positivo para o crescimento das raças. Desta maneira os criadores mostram-se interessados e vem ao encontro do programa”, relatou Tavares.

Texto: Dhésika Vidikin, reg. prof. 19.647

Ascom ABHB

Deixe uma resposta

Fechar