Exposições oficiais da ABHB terão mudanças a partir do ciclo de 2021

A partir do ciclo de 2021 todas as exposições oficiais terão a obrigatoriedade de ter um responsável técnico, que além de acompanhar a exposição, realizar Julgamento de Admissão, organizar entrada de pista, organização de julgamento, o que já regularmente era realizado, este ainda será responsável pelo cumprimento do regulamento de exposições. A determinação foi apresentada e aprovada pela diretoria da Associação Brasileira de Hereford e Braford (ABHB) e pelo Conselho Técnico da Entidade.

Este profissional será o elo entre entidade promotora do julgamento, seja o Núcleo de Criadores da região ou o Sindicato Rural local, e ABHB. Será papel do Inspetor Técnico a organização burocrática da Exposição como catálogos, planilhas de admissão, controle de pista e planilha de resultados. Para o presidente do Conselho Técnico da associação, Aldo Tavares, este é mais um passo de maturidade e avanço da ABHB. “No momento em que se padroniza, tem ganhos. Isso traz uma melhoria de avaliação das exposições. Com isso estamos valorizando o produto que está em pista e concorrendo”, destaca.

O diretor Administrativo da ABHB, Eduardo Soares, comenta que as exposições têm uma relevância muito importante para a ABHB e para o criador em si. Reforça que não só aquele animal que está em pista tem uma visibilidade, mas que este é um processo de seleção muito importante para o homem do campo. “Ao selecionar animais para uma exposição a gente põe a técnica em jogo lá na mangueira para acasalar bem essa vaca, ao buscar uma linha de pensamento para chegar àqueles animais. E quando se decide levar a uma exposição se decide levar o trabalho do selecionador, daqueles todos que estão no trabalho do campo”, observa.

Os leilões oficiais também terão uma nova mudança. O inspetor técnico terá a responsabilidade de enviar o mapa completo de vendas do evento oficial para ABHB. Esta nova atribuição visa melhorar a captação de informações extremamente importantes para associação, que utiliza essas informações para formatar estatísticas, médias, ofertas, premiações e divulgação das raças.

Foto: Everton Marita/La Rural Fotografia

Texto: Nestor Tipa Junior/Agroeffective

 

Deixe uma resposta

Fechar