PAC HB entra na fase de Avaliação Fenotípica dos animais

Por em 29 de março de 2017

 

PAC_Março

Reprodutores HB de 13 criatórios participam desta edição da Prova

Com o término das avaliações de ganhos de peso e avaliações por ultrassom, a Prova de Avaliação a Campo de Reprodutores Hereford e Braford (PAC) entrou em mais uma fase nesta quarta-feira (29), nos campos da Embrapa Pecuária Sul, em Bagé. Foi lá que os Inspetores Técnicos credenciados pela ABHB Túlio Luzardo, José Antônio Corrêa Filho e Emmanuel Cabral realizaram a Avaliação Fenotípica dos animais.

Os parâmetros Subjetivos Morfológicos ou Fenotípicos correspondem a 29% do índice final. Deste total, 12% para Musculosidade (Conf) – buscando animais com músculos desenvolvidos, evidenciando a presença de massa muscular com aspecto firme distribuída harmonicamente pelo corpo, sendo a região dorso-lombar e os posteriores de maior importância econômica; 12% para Padrão Racial (PRac) – pigmentação, proteção do globo ocular, pelechamento, pureza racial e harmonia e 5% para Sexualidade (Sex) – levando em conta características sexuais secundárias, buscando-se genitais funcionais e condizentes com a idade cronológica do animal.

PACAvaliacaoFenotipica

Organização da Prova reunida com os Inspetores Técnicos

Na semana passada, conforme o Gerente de Operações da ABHB, Felipe Azambuja, foram computadas as notas de avaliação por ultrassom: sendo 10% do índice final para Musculatura, através da AOL (área de olho de lombo) e 16% para Precocidade ou Terminação, através da EGS (espessura de gordura subcutânea).

“Restam ainda os testes de Perímetro Escrotal (5%) e de exames andrológicos. Além disso, após essas avaliações os animais irão ser submetidos à avaliação de outro técnico para receber a marca da ABHB”, informou.

Suplementação

Neste ano, mais uma novidade. Após o término dessas avaliações da PAC, os animais serão submetidos ao Teste de Consumo Alimentar Residual (CAR), onde passarão 20 dias em adaptação e outros 70 dias sob avaliação. A iniciativa, inédita ainda na Prova, irá ocorrer sem custos adicionais aos participantes. A realização do CAR é fruto de uma Emenda Parlamentar implantada pelo Deputado Afonso Hamm.

A PAC está na 13º edição da raça Hereford e 22º da raça Braford. Participam animais de 13 criatórios: Estância Guatambu; Agropecuária Sereno Ltda; Estância Rio Negro; Estância do Bolso; Agropecuária São Pedro; Estância Silêncio; Estância Tamanca; Wolf Genética; Estância São Bento do Verde; P.A.P Namur Paixão Suñe; Fazenda Santa Tereza; Estância São Manoel e Cabanha São Fernando.

A Prova é uma importante ferramenta que a ABHB dispõe com foco no melhoramento genético contínuo das raças. É realizada anualmente em parceria com a Embrapa Pecuária Sul e busca comparar, dentro de um mesmo ambiente físico, reprodutores de diferentes criatórios do Brasil, com a finalidade de identificar animais superiores em termos de genética para produção de carne em sistema de pastejo.

Somente sócios podem participar da Prova e os touros inscritos permanecem nos campos experimentais da Embrapa, em Bagé (RS), por cerca de oito meses convivendo em um mesmo ambiente e com mesma oferta de alimentos. Isso torna possível avaliar quais são superiores a partir de parâmetros pré-estabelecidos.

Por Tatiana Feldens, reg. Prof. 13.654

Fotos: Dhésika Vidikin

Ascom ABHB 

 

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*

Translate »