Evento realizado pelo Núcleo Jovem HB lota auditório do Campus Rural da URCAMP

Por em 9 de março de 2018

A primeira edição reuniu cerca de 70 pessoas

Aconteceu na manhã da última terça-feira (6/8), em Bagé (RS), a primeira edição do projeto Cara Branca do Bem, que tem por objetivo promover palestras sobre as raças Hereford e Braford e arrecadar fundos e mantimentos para Entidades sem fins lucrativos. A ação teve como palco o campus rural da Universidade da Região da Campanha (URCAMP), localizada em Bagé (RS), e contemplará com parte da renda arrecadada com o valor das inscrições e das vendas de camisetas do NJHB o Lar Santa Terezinha, em Alegrete (RS), beneficiando cerca de 80 crianças.

De acordo com Amanda Vargas, membro da diretoria do NJHB, a ideia de desenvolver um programa como esse surgiu durante uma reunião, onde o também membro da diretoria, Raphael Houayek, relatou as condições precárias em que o Lar se encontrava. A instituição atende crianças em situação de vulnerabilidade em tempo integral e passa por dificuldades, tanto financeiras quanto de conservação de suas instalações. Comovido com a situação, Houayek mobilizou a comunidade local e iniciou uma campanha de arrecadação. A reforma do prédio foi orçada em R$ 20 mil reais, uma parte considerável do valor já foi arrecadada e a obra já teve início em seis cômodos, que correspondem a quatro salas de aula, porém ainda há muito a ser feito.

Zilah Cheuiche, Superintendente de Registro Genealógico da ABHB

O cronograma do dia foi aberto com a palestra do médico veterinário Mykel Portella, que falava sobre a origem, evolução e manejo das raças Hereford e Braford; seguida pela Superintendente de Registro Genealógico da Associação Brasileira de Hereford e Braford (ABHB) e membro do Conselho Regional de Medicina Veterinária (CRMV), Zilah Cheuiche, que versou sobre a atuação do médico veterinário. Ambas tiveram como público-alvo os alunos do 1° semestre do curso, que na oportunidade atendiam à disciplina de Introdução à Veterinária.

Fabiana Freitas palestrou para mais de 70 alunos

Logo após, às 10h30min, no salão de atos da URCAMP, a Gerente do Programa Carne Pampa, Fabiana Freitas, palestrou para mais de 70 alunos de diferentes períodos sobre todas as etapas que os produtos cárneos que recebem o selo Carne Certificada Hereford passam desde o produtor rural até o produto final na gôndola do supermercado. Ela contou com o auxílio do Coordenador da Plataforma de Gestão Programa Carne Pampa, Raoni Lopes, que contribuiu explicando quais são os critérios utilizados durante a certificação de carcaças nos frigoríficos parceiros do Programa. No final, a dupla de palestrante ainda interagiu com a plateia, fazendo perguntas relacionadas ao assunto, para então distribuir brindes aos participantes que responderam de forma correta.

Presente no evento, o aluno do 1° semestre Alexandre Ferreira reconheceu que as palestras são uma grande oportunidade para adquirir conhecimento. ‘’Dessa forma aprendemos mais sobre a profissão e também sobre as exigências dos frigoríficos, eu, particularmente, nunca visitei nenhum, então auxilia muito a entender como funciona’’, destaca.  A professora de Patologia, Lenir Gonçalves, também enfatizou o valor da ação: ‘’É muito importante pra eles (os alunos) conhecerem os diversos ramos dentro da medicina veterinária, tomarem conhecimento do assunto e saberem onde é possível atuar depois de formados.’’

A jornada terminou perto das 12h, com um choripan oferecido aos participantes. A próxima edição já tem data marcada, será dia 20 de março em Alegrete/RS e deve ocorrer dentro dos mesmos moldes. Devido ao grande sucesso, cidades como: Dom Pedrito/RS, Santa Maria/RS, São Gabriel/RS e Ijuí/RS, também demonstraram interesse em receber a ação Cara Branca do Bem.

Texto e Fotos Murilo Alves, estagiário de jornalismo.

Edição: Tatiana Feldens, reg. Prof. 13.654

Ascom ABHB

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*

Translate »