ABHB e Embrapa divulgam resultados do Teste de Eficiência Alimentar

Por em 17 de outubro de 2018

Na última sexta-feira, dia 12, durante as atividades do Dia de Campo PAC Hereford e Braford, os participantes tiveram acesso aos resultados do Teste de Eficiência Alimentar (TEA), realizado pela Associação Brasileira de Hereford e Braford (ABHB) em parceria com a Embrapa Pecuária Sul. O TEA é feito após o final da Prova de Avaliação a Campo (PAC), e serve para avaliar a capacidade de conversão de peso de cada exemplar.

O teste tem duração de 90 dias, sendo os primeiros 20 reservados para adaptação dos animais. Durante esse espaço de tempo, os exemplares são alimentados à vontade em cochos eletrônicos que coletam informações individuais como: quantidade de alimento ingerida, número de  visitas ao cocho durante o dia e também o tempo gasto em cada refeição. A coleta de todas essas informações só é possível graças a uma tecnologia de ponta disponibilizada pela Embrapa. Cada cocho, além de possuir uma balança, também faz a leitura do brinco de identificação de cada animal, o que permite a avaliação individual dos participantes.

Nesta edição, de acordo com a pesquisadora em Nutrição Animal da Embrapa Pecuária Sul e responsável pelo manejo nutricional do TEA, Renata Suñé Martins, os animais foram alimentados com silagem, ração e feno. Renata salientou ainda a importância dos animais estarem sob as mesmas condições, o que permite destacar os exemplares que apresentam maior índice de produção.

Segundo o pesquisador em Genética e Melhoramento Animal da Embrapa Pecuária Sul, Marcos Yokoo, é com base nos hábitos e desempenho alimentar de cada reprodutor que torna-se possível definir características genéticas superiores no âmbito do teste. “Nós conseguimos coletar dados que um produtor, geralmente, não iria conseguir. Assim, é possível descobrir animais que possuem uma boa genética e que transmitem essas características para a sua progênie”, ressalta.

O presidente da ABHB, Luciano Donelles, afirma que um dos principais pontos do TEA é a função de propagar as qualidades das raças Hereford e Braford, tendo em vista que os resultados são obtidos por meio de uma tecnologia utilizada pelos principais países produtores de genética no mundo. ”É de extrema importância o uso desta tecnologia, ela permite que o criador identifique no seu rebanho animais mais eficientes e que irão trazer avanços para a genética da sua propriedade”, pondera.

Nas tabelas abaixo você confere os resultados da edição 2017/2018 do TEA:

 

RAÇA HEREFORD

 

RAÇA BRAFORD

 

Texto: Murilo Alves, estagiário de Jornalismo

Edição: Estela Facchin, reg. Prof. 9822 

ASCOM ABHB

 

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*

Translate »