Teste de Eficiência realizado no CP CRV Lagoa chega ao fim com dia de campo em São Paulo

Por em 4 de junho de 2019

Com um método de avaliação semelhante ao Teste de Eficiência Alimentar (TEA), realizado pela Associação Brasileira de Hereford e Braford (ABHB) em parceria com a Embrapa Pecuária Sul, a Prova de Eficiência Alimentar da CRV Lagoa chegou ao fim, com a última pesagem, no dia 31 de maio.

A prova, realizada no moderno e tecnológico Centro de Performance (CP) da CRV, localizado em Sertãozinho (SP), reuniu 56 reprodutores das raças HB, divididos entre 28 touros Hereford e 28 touros da raça Braford.

Finalizada a etapa de pesagens, os reprodutores serão submetidos, no dia 6 de junho, a avaliação de ultrassom, exame andrológico e serão inspecionados pelos técnicos da ABHB, além de receberem a marca HB.

Já no dia 25 de junho, terça-feira, está prevista uma intensa programação com dia de campo, palestras e degustação de carne Certificada Hereford. Por volta das 9h da manhã, uma comitiva composta pelo presidente da ABHB, Luciano Dornelles, o presidente do Conselho Deliberativo Técnico (CDT), Aldo José Tavares dos Santos, o Vice Presidente de Promoção das Raças, Celso Jaloto, e pela Gerente do Programa Carne Pampa, Fabiana Freitas, realizará uma apresentação das ações da entidade.

Serão expostos dados como o número de animais registrados, resultados do Programa Carne Pampa e também sobre a estrutura da Prova de Avaliação a Campo (PAC) das raças Hereford e Braford. Ainda durante o dia de campo, os participantes serão convidados a inspecionar todos os animais que farão parte da oferta.

A noite está reservada para o leilão, que deve ter início por volta das 20h, sob a responsabilidade da Central Leilões e contará com a transmissão do Canal do Boi. Para Cassiano Pelle, Gerente do CP CRV Lagoa, o Dia de Campo é uma atividade muito importante. “Considero uma iniciativa louvável da ABHB promover um evento assim porque é uma oportunidade de divulgar os trabalhos realizados pela entidade”, afirmou. Pelle ainda falou sobre o leilão dos animais participantes do teste de eficiência. “É bastante promissor, principalmente para abrir novos mercados e realizar vendas para o Brasil Central”, comentou.

Texto: Murilo Alves 

Edição: Dhésika Vidikin, reg. prof. 19.647

Ascom ABHB

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*

Translate »