Seleção genética traz reconhecimento aos criatórios Touro Passo e Sossego, bicampeões do Ranking HB 2017

Por em 21 de dezembro de 2017

Com anos de investimento, prêmios nacionais e rebanhos com altas taxas de prenhes, os criatórios Touro Passo e Sossego, vencedores do Ranking Nacional HB 2017, possuem animais de excepcional qualidade genética, muito bem adaptados aos diferentes climas e oscilações de temperaturas encontradas no Brasil. São referência nacional na comercialização de bovinos registrados nas raças Hereford e Braford, respectivamente, seja através de remates oficializados pela Associação Brasileira de Hereford e Braford (ABHB) ou com a venda direta dentro da porteira.

Oriundas de Uruguaiana (RS), na Fronteira Oeste do Rio Grande do Sul, as propriedades conquistaram a maior pontuação final no somatório das treze exposições ranqueadas neste ano pela ABHB:  Exposição de Londrina (PR); Expopec Porangatu (GO); Expo Uruguaiana – Copa Incentivo; Copa dos Criadores (Exposição de Outono Uruguaiana); Exposição Nacional HB; Expointer; Exposição de Uruguaiana; Exposição de Pelotas; Exposição de Bagé, Exposição de São Gabriel; Exposição de Alegrete, Exposição de Santa Vitória do Palmar e Exposição de Dom Pedrito.

É claro que este longo percurso percorrido não é sinônimo apenas de holofotes para os criatórios. É reconhecimento de trabalho realizado com muito esmero e dedicação de toda uma equipe: do cabanheiro à gerência, da escolha ao preparo dos animais. Em 2017, as pistas apresentaram exemplares muito bem constituídos, harmoniosos e equilibrados. Os touros vencedores das etapas sinalizaram características masculinas destacadas e esqueletos vigorosos, proporcionais à massa corporal. Nas vacas, nossos técnicos buscaram feminilidade, boa capacidade maternal, assim como condições leiteiras satisfatórias, com úberes bem colocados.

A genética é um componente sólido nesta disputa, mas sabemos que a herdabilidade e as características hereditárias sozinhas não formam um grande animal, já que todos os fatores ambientais aos quais eles estão submetidos acabam influenciando o resultado final. E os animais vencedores com certeza tiveram uma excelente nutrição, somada a uma criação com foco no bem-estar animal, com olhares atentos de veterinário e cabanheiros.

“Oferecemos Hereford ao Brasil Central com resultados”, afirma Ricardo Duarte

A Cabanha já conquistou o Ranking Nacional de Criadores Hereford e Braford seis vezes (2006, 2008, 2011, 2014, 2016 e 2017), coleciona vice-campeonatos e terceiros lugares. “Já são 11 anos de Touro Passo nas primeiras posições do Ranking”, comemora Ricardo Duarte, proprietário e patriarca da família.

Ricardo Duarte, da Cabanha Touro Passo, comemorou o hexacampeonato

Em 2017, somou 784 pontos ao liderar três das cinco etapas que disputou: Nacional HB, Expointer e Exposição de Uruguaiana. Entre os diferenciais, destaca a grande seleção de animais e o melhoramento genético constante com foco na adaptabilidade da raça aos climas mais quentes, o que torna a Touro Passo uma referência nacional na criação da raça Hereford, com forte presença de genética no Paraná, Minas Gerais, Mato Grosso e sul da Bahia.

“Uma Cabanha para vencer o Ranking precisa ter um número considerável de animais. Só assim conseguirá enfrentar com chances esta corrida de longa distância que começa ainda no início do ano”, destacou Duarte, ao admitir estar muito feliz com o reconhecimento e a demonstração de afeto, inclusive dos adversários diretos. “Eu dediquei a nossa vitória à Cabanha São Fernando, segundo lugar no Ranking. Somos parceiros do lado de fora das pistas, tendo uma convivência muito agradável com toda a Família HB”.

Ao primar pela utilização de pedigree brasileiro, já tendo utilizado touros da São Fernando e da Mauá, por exemplo, a propriedade não só busca criar condições para merecer a preferência dos criadores na aquisição dos produtos brasileiros, como tem por objetivo multiplicar animais com biotipo adaptado ao clima quente, conforme proposto no Padrão Racial Hereford para o Brasil. “Nossa preocupação é produzir animais adaptados ao clima quente. E isso tem acontecido, pois já recebemos relatos de vacas brancas procurando sombra a uma temperatura de 36 graus enquanto os nossos touros pastavam no sol”, relata ele.

Grande Campeã e Suprema Campeã: Box 30 – Tat. TE3016 – Ricardo e Guilherme Duarte – Cabanha Touro Passo – Uruguaiana – RS

Optando pela criação de animais superiores, o plantel com cerca de 250 vacas de cria da Cabanha é composto de animais puros de origem (PO), sendo uma das propriedades gaúchas com maior número de terneiros Hereford e Polled Hereford registrados anualmente no Herd-Book Collares. Em reconhecimento ao trabalho de equipe, Duarte fala com carinho do seu sócio, o filho Guilherme Duarte, que desenvolve trabalhos específicos para alcançar os índices de qualidade requeridos para os produtos da propriedade. “É ele quem avalia as nossas participações em Exposições. Tem um olhar muito apurado”, admite.

Para 2018, promete o mesmo empenho para fazer do Hereford uma marca de referência com solidez genética, garantindo uma vitrine ainda maior no Brasil. “O trabalho é prazeroso e acontece em família. Vamos observar bastante para saber onde concorrer”, finaliza. Informações sobre o criatório podem ser acessadas no link www.cabanhatouropasso.com.br

Unindo ousadia a valores familiares cultivados por gerações

Um dos celeiros do Braford no Brasil, a Estância do Sossego, localizada em Uruguaiana (RS), acumula vitórias nas pistas de julgamentos e grandes resultados no campo. Bicampeã na temporada, o criatório, de propriedade de Ana Maria Ormazabal Moura, somou 526 pontos ao vencer 4 etapas: Expo Nacional, Expo Uruguaiana, Expo Alegrete e Expo Especial Dom Pedrito.

Família Ormazabal levando para casa o bicampeonato na raça Braford

“Fomos agraciados com esta liderança mais uma vez. Baita honra, pois disputamos com Cabanhas com bastante história. Foi uma disputa sadia”, pontuou Luciano Dornelles de Dorneles, administrador da Sossego, que também creditou a vitória ao trabalho em equipe, resultado de comprometimento e investimento em genética e programas sanitários.

Fundado em 2002, após a divisão do Condomínio Sucessores de René Ormazabal, a propriedade que prima pela ousadia e pelos valores familiares cultivados por gerações, já fez grandes campeões da raça em algumas das maiores exposições do Brasil, como Expointer, Feicorte, Expolondrina e Nacional de Alegrete. As conquistas tanto nos julgamentos de rústicos como nos de argola espelham os resultados econômicos que a genética gera nos campos, seja no Rio Grande do Sul ou em outros estados do Sul, Sudeste e Centro-Oeste e Norte, onde já é utilizada.

Grande Campeão: Box 101 – Tat. TEJ013 – Ana Maria Ormzabal Moura – Estância do Sossego – Uruguaiana – RS

Na atualidade, aprimora linhagens pioneiras do Braford brasileiro, desenvolvidas na década de 1970 pelo condomínio que a originou. Há mais de 40 anos, a seleção é feita com bases científicas – atualmente as avaliações genéticas são feitas pelo programa PampaPlus. São cerca de 1.800 vacas em cria, todas registradas, com ciclo completo na propriedade: cria, recria e engorda.

Explorar novos horizontes está no DNA da família, com negócios debruçados sobre dois grandes pilares: o cultivo de uvas viníferas, origem da Bodega Sossego, e a produção de gado Bradford para remates e a criação de gado de corte. Para tanto, realiza anualmente dois leilões: um em Uruguaiana, a cidade de origem, outro em Santa Maria. “São duas praças interessantes para nós, assim como Alegrete e Esteio, grandes vitrines nacionais”. Em média, são comercializados 130 touros e 150 ventres por ano.

“Nosso desafio agora é a grande responsabilidade de continuar este trabalho sólido. Mais do que ganhar, queremos estar presente e mostrar a nossa cara. Entusiasmo temos de sobra”, finalizou. Saiba mais sobre a propriedade no link www.sossego.net

Confira o histórico dos vencedores do Ranking Nacional de Criadores

2001
H: Cabanha Recreio
B: Estância São José

2002
H: Cabanha Recreio
B: Grupo Pitangueira

2003
H: Cabanha Recreio
B: Grupo Pitangueira

2004
H: Cabanha Recreio
B: Grupo Pitangueira

2005
H: Fazenda Irapuá
B: Grupo Pitangueira

2006
H: Cabanha Touro Passo
B: Grupo Pitangueira

2007
H: Estância Santa Maria
B: Grupo Pitangueira

2008
H: Cabanha Touro Passo
B: Grupo Pitangueira

2009
H: Agropecuária Nova Aurora e Anjo da Guarda
B: Grupo Pitangueira

2010
H: Estância Tamanca
B: Grupo Pitangueira

2011
H: Cabanha Touro Passo
B: Grupo Pitangueira

2012
H: Cabanhas Nova Aurora e Anjo da Guarda
B: Cabanhas Nova Aurora e Anjo da Guarda

2013
H: Cabanhas Nova Aurora e Anjo da Guarda
B: Cabanhas Nova Aurora e Anjo da Guarda

2014
H: Cabanha Touro Passo
B: Cabanha Vacacaí

2015
H: Cabanha São Fernando
B: Agropecuária Odair Gonzales

2016
H: Cabanha Touro Passo
B: Estância do Sossego

2017
H: Cabanha Touro Passo
B: Estância do Sossego

 

Por Tatiana Feldens, reg. Prof. 13.654

Ascom ABHB

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*

Translate »