Recorde da temporada: Bela Vista vende touro Braford avaliado em R$ 176 mil

Por em 17 de outubro de 2018

Com a ajuda de um clima agradável em Santana do Livramento (RS), foi realizada na noite desta terça-feira, 16 de outubro, a 54ª edição do Remate Bela Vista. O tradicional leilão reuniu um grande público, que lotou o espaço da pista de remates da Associação Rural. O evento foi marcado por pista ágil e recorde de valorização nesta temporada. O mais alto valor oferecido por uma cota de animal da raça Braford em 2018 foi registrado no evento, com 50% do touro Comanchero da Bela Vista, de tatugem 4536, comercializado por R$ 88 mil para a Fazenda dos Sonhos, de Santa Vitória do Palmar (RS). A venda valoriza o animal no mercado em R$ 176 mil.

Comanchero foi contratado pela Renascer Biotecnologia e já está disponível para coleta de sêmen. O touro Craque, de tatuagem 4584, da mesma raça, também estará em coleta e foi contratado pela CRV Lagoa. O animal teve 50% de sua cota comercializada por R$20,8 mil para a Agropecuária Tarumã, de Rosário do Sul (RS). Além dos reprodutores, a fêmea Pandora da Bela Vista, de tatuagem 4985, também foi destaque, com a cota de 50% comercializada pelo valor de R$37,5 mil para a Cabanha dos Plátanos, de São Sepé (RS). 

As médias dos animais comercializados chamaram atenção, figurando entre as mais altas da temporada até agora.  Os números ficaram em R$14.800,00 para os touros, R$12.352,00 para as terneiras e R$3.900,00 para as vaquilhonas da raça Braford.  Para os touros da raça Hereford a média foi de R$7.822,00.

De acordo com Marcelo Silva, leiloeiro e diretor da Trajano Silva Remates, a procura foi grande pelos animais da raça Braford, tanto machos quanto fêmeas. Silva destacou ainda o fato da Estância Bela Vista ser o criatório com mais animais em centrais de inseminação. ”Tivemos liquidez tanto em machos quanto em fêmeas”, pontuou.

Para Celina Maciel, proprietária da Estância Bela Vista, o remate foi um êxito. “Nós estamos tremendamente satisfeitos, porque mais uma vez o nosso trabalho do ano foi coroado com essa valorização da genética Bela Vista pelos nossos clientes”, pontua. Celina também salientou a participação expressiva de compradores de diversas regiões do país. Além de dez municípios gaúchos, os estados do Paraná e Mato Grosso do Sul também adquiriram a genética de sua propriedade.

 

Texto: Murilo Alves, estagiário de Jornalismo

Com informações AgroEfecctive/Trajano Silva 

Edição: Estela Facchin, reg. Prof. 9822 

ASCOM ABHB

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*

Translate »