Pista limpa e faturamento superior a R$ 1,5 milhão marcam Leilão Santa Tereza

Por em 9 de outubro de 2016

14608060_10209570972004239_1366260848_n

O público literalmente lotou o Sindicato Rural de Camaquã ontem (8) à tarde para acompanhar a qualidade genética dos animais Hereford e Braford colocados a venda no 17º Remate Anual da Fazenda Santa Tereza. Todos os 189 exemplares que entraram em pista, entre reprodutores, novilhas e vacas prenhes, foram comercializados, alcançando o faturamento total de R$ 1.534.350,00.

Destaque mais uma vez para os touros Braford, que alcançaram a média de R$ 13.833,00, sendo que o reprodutor mais valorizado foi comercializado por R$ 35.250,00. Trata-se do animal TE J2458, adquirido pela Cabanha Charqueada, de Vale Verde (RS). Os touros Hereford chegaram a R$ 11.312,00 de média.

As vacas sagraram-se grandes protagonistas do Remate, oficializado pela Associação Brasileira de Hereford e Braford. Os exemplares Hereford atingiram R$ 4.342,00 de média, já as Braford, e R$ 4.788,00. As novilhas também foram muito bem comercializadas, chegando a uma média de R$ 2.472,00 na raça Hereford e R$ 3.260,00 na Braford.

“Foi espetacular. O mercado premiou a qualidade genética da Santa Tereza, que tem um reconhecido trabalho de pré e pós venda”, destacou o leiloeiro Décio Lemos, responsável pelo martelo no último sábado. Conforme ele, o alcance do Braford já era esperado. “Saudamos o reconhecimento das fêmeas nesta edição, muito bem valorizadas pelos compradores da região”. Municípios como Pinheiro Machado, Rio Pardo, Camaquã, Dom Pedrito, São Lourenço, Tapes, Bagé, Arambaré, Arroio Grande, São Francisco de Paula, Cachoeira do Sul e Charqueadas levaram os seus exemplares.

Os animais ofertados no remate contam com genética superior, avaliados pelo Programa de Melhoramento Genético da ABHB – PAMPAPLUS. “Grande parte deles avalizados pela Prova de Avaliação a Campo de Reprodutores HB, o que conta muito na hora da venda”, informou Paulo Azambuja, responsável pelo remate. Seu pai, Ney Arthur Azambuja, era só alegria. “Onde tem  paixão e afeto a chance de sucesso é muito grande”, completou.

Por Tatiana Feldens, reg. Prof. 13.654

Ascom ABHB

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *


*

Translate »