PAC 2017/2018 terá 32 animais HB de 12 diferentes criatórios gaúchos

Por em 25 de setembro de 2017

Encerrou na última quinta-feira (21/09) a chegada dos animais Hereford e Braford que irão participar da Prova de Avaliação a Campo de Reprodutores HB 2017/2018. A 14ª edição da raça Hereford somará 13 touros, já a 23ª edição da raça Braford iniciará a Prova com 19 exemplares, escolhidos entre os top 40% melhores machos, nascidos em 2016, ranqueados nos programas de melhoramento genético das raças homologados pela ABHB (PampaPlus/Embrapa, Conexão Delta G e Promebo).

Os animais são oriundos de 12 propriedades localizadas em sete municípios gaúchos: Agropecuária São Pedro, de Alegrete;  São Fernando, de Quaraí;  Nossa Senhora Auxiliadora, Dona Genoveva e Rio Negro de Bagé; São Francisco Xavier e Guatambu, de Dom Pedrito; Agropecuária Sereno e Fazenda São Bento do Verde, de São Sepé;  P.A.P Namur Paixão Suñe e Estância do Bolso, de São Gabriel; e Fazenda Santa Tereza, de Arambaré.

Conforme o Gerente de Operações da ABHB, Felipe Azambuja, os animais foram submetidos à pesagem de chegada (não válida para a prova) e seguem agora para o período de adaptação. “Somente depois deste período de cerca de 30 dias é que realizaremos a primeira pesagem oficial”, informou ele ao reforçar que na sequência, a exemplo da última edição, os animais serão submetidos ao teste de Consumo Alimentar Residual (CAR), visando medir a eficiência alimentar de cada um deles.

Durante a prova, são avaliados diferentes quesitos, como ganho de peso diário, ganho de peso total, morfologia, área de olho de lombo, gordura subcutânea, área escrotal entre outros. O Consumo Residual Alimentar (CAR) ocorre após o término da PAC, cerca de 45 dias depois, quando os animais são deslocados para uma área controlada, com cochos automatizados, que controlam tanto a entrada e saída de cada animal, como o consumo por ele realizado. Por meio de chips nos animais e balanças nos cochos, todos dados são registrados e enviados em tempo real para um computador e também diretamente para os técnicos da PAC.

“A cada ano as centrais de produção de material genético têm visualizado a importância de se ter na sua bateria de touros, animais testados e provados na PAC – ABHB/EMBRAPA, pois além de serem pré-selecionados com base em relatório de avaliação genética, são submetidos novamente ao desafio do ambiente, comprovando sua adaptabilidade, inclusive com uma central já manifestando a vontade de contratar um touro da prova que está começando agora”, comentou Fernando Lopa, CEO da ABHB.

 

“É crescente a participação desses touros nos catálogos das centrais, pois os resultados positivos estão se comprovando no campo por quem está usando essa genética, e isso é muito bom, pois a  melhoria que observávamos nos rebanhos comerciais dos programas de pecuária familiar, onde a ABHB doa doses desses touros, agora estão se espalhando por todo o Brasil.”, completou Lopa.

Realizada pela Associação Brasileira de Hereford e Braford (ABHB) em parceria com o Polo de Excelência Genética para raças Taurinas (PoloGen), da Embrapa Pecuária Sul, a Prova é uma importante ferramenta que a ABHB dispõe com foco no melhoramento genético contínuo das raças, buscando comparar, dentro de um mesmo ambiente, reprodutores de diferentes criatórios do sul do Brasil, com a finalidade de identificar exemplares superiores nos diversos índices de importância produtiva e econômica avaliadas na prova, de forma a que essa genética possa ser utilizada pelos produtores para a aumentar a produtividade e rentabilidade do seu negócio, e também a qualidade uma carne que atenda às exigências da indústria e do consumidor.

Resultados PAC 2016/2017

Na raça Hereford, a grande campeã da última edição foi a Estância Guatambu, de Valter José Pötter, de Dom Pedrito (RS), com o touro tatuagem P1037, apresentando ganho médio diário (GMD) de 1,089Kg. A propriedade também levou o primeiro lugar na raça Braford com o touro tatutagem P118 e ganho médio diário (GMD) de 1,119Kg; além do segundo e terceiro lugares na raça Hereford e terceira posições na raça Braford, totalizando cinco premiações. Quem levou o segundo lugar da raça Braford foi o touro tatuagem K2632, com ganho médio diário (GMD) de 0,869Kg, pertencente à propriedade Sucessão Dário Silva Azambuja, de Arambaré (RS).

Resultados CAR 2016/2017

No quesito Consumo Alimentar Residual, os vencedores foram, na raça Hereford, a Estância Guatambu, em 1º lugar, com o animal Guatambu P1015, de propriedade de Valter José Pötter; a Fazenda São Fernando, de propriedade de João Souza Cavalcante, localizada em Alegrete (RS), em 2º lugar, com o reprodutor São Fernando 8705; e o touro Wolf 6310, da Wolf Parceria Agropecuária, de D. Pedrito (RS), na 3ª posição. Os melhores touros da raça Braford foram da Sucessão Doralício Lorentz Borges, de São Sepé (RS), que levou o 1º lugar com o exemplar São Bento do Verde 15105; o touro Rio Negro 5007 de Gustavo e Gilberto Camponogara, de Bagé (2º lugar) e o touro Sina Sina P165 de Alfeu de Medeiros Fleck, de Alegrete (RS), em 3º lugar.

Por Tatiana Feldens, reg. prof. 13.654

Ascom ABHB

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*

Translate »