Média dos touros Hereford chega a R$ 18,4 mil no Leilão Mãe Rainha e Meia Lua

Por em 13 de setembro de 2016

whatsapp-image-2016-09-13-at-16-56-06

A sexta edição do leilão Mãe Rainha e Meia Lua das raças de gado Hereford e Braford realizado no último dia 10 de setembro, no Parque Conta Dinheiro, em Lages (SC), surpreendeu nos preços e mostrou que a qualidade genética bovina é determinante na escolha do pecuarista catarinense. Produtores do Rio Grande do Sul e do Paraná também adquiriram exemplares das fazendas promotoras do evento e contribuíram para as altas médias registradas.

De acordo com Luiza Camargo, proprietária da leiloeria Camargo Agronegócios, que está junto desde a primeira edição, 2016 está sendo um ano atípico, onde o investidor está mais seguro e precavido devido à instabilidade econômica do país, por isso a expectativa para este leilão era de preços até mesmo abaixo dos registrados no ano passado.

No entanto, os números surpreenderam e as novilhas de cruzas hereford e braford, por exemplo, atingiram média de R$ 7,46/Kg. “O que mais me surpreendeu foi a constância do leilão, o equilíbrio dos preços do início ao fim e isso eu atribuo a indiscutível qualidade dos animais ofertados. O pecuarista está investindo no que é garantido”, concluiu Luiza Camargo.

A média dos reprodutores Hereford surpreendeu e alcançou o patamar de 18,4 mil reais. Os touros da raça Braford saíram por 12,7 mil reais de média. Destaque também nas fêmeas Hereford que atingiram a média de 22,4 mil reais enquanto que as Braford ficaram em 9,2 mil reais.

Um dos pontos altos do evento foi o touro “Mancha”, que saiu por 40 mil reais, arrematado pelo Sr. Osny Vieira Branco de Campo Belo do Sul. O touro Braford mais valorizado foi o “Tornado”, vendido por 21,12 mil reais para o Sr. Celio Antunes Bueno, de Lages. As novilhas Hereford “Ofélia” e “Oreada” saíram por 24,8 mil reais cada uma e foram adquiridas respectivamente por Celso Arcanjo Rosa (Lages) e Luiz Antônio Dalmagro (São Miguel do Oeste). Já a novilha Braford “Camélia” foi para Pomerode para o Sr. Edson Zinnke e saiu por 20,32 mil reais.

Para o leiloeiro Delamar Augusto Macedo, a dedicação dos criadores, o uso de tecnologia na produção e a genética superior foram os fatores principais que descolaram o evento da situação adversa do mercado atual. “Me orgulha demais bater o martelo em um evento como este, focado, organizado para fazer diferente, a diferença também para quem adquire um animal com a identidade cara branca”, destaca o leiloeiro.

Neste ano, os administradores das fazendas promotoras do evento, Edson Colombo (Mãe Rainha) e Rafael Momm (Meia Lua) inovaram mais uma vez, realizando a transmissão ao vivo do evento pela internet no canal Z5TV. O leilão, que possui a chancela da Associação Brasileira de Hereford e Braford (ABHB) e faz parte do calendário da Associação Rural de Lages, já começa a ser pensado para a próxima edição, que ocorre no dia 16 de setembro de 2017.

Por Débora Puel

Fotos: Alessandro Castilhos
www.fazendamaerainha.com.br  / www.braforddameialua.com.br

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*

Translate »