Maior curso de churrasco da história lota estande do Sicredi na Nacional HB

Por em 22 de maio de 2016

13268012_1213122882071604_1404923399352619924_o

Sucesso é pouco para descrever a parceria entre o Programa Carne Pampa, da Associação Brasileira de Hereford e Braford (ABHB), e a Churrasqueira Clarice Chwartzmann, oficialmente firmada durante a Exposição Nacional HB. O Curso de Churrasco para mulheres não só coloriu, mas lotou o estande do Sicredi no Parque de Exposições Dr. Lauro Dornelles na última sexta-feira (20) colocando 40 mulheres para aprender os segredos de um churrasco perfeito.

“Conhecimento não ocupa espaço, estou aqui por que quero auxiliar o marido, ou quem sabe até mesmo assumir a churrasqueira”, informou a empresária Neusa Maria Camiran, 51 anos, de Alegrete. Ela admite nunca ter feito churrasco antes. “Gosto da coisa perfeita, por isso estou aqui buscando aprender os segredos do ponto perfeito da carne”.

13221414_1213116798738879_5820408143540882034_o

O presidente Luciano Terra passou pelo curso para saudar Clarice e todas as participantes

As amigas Caren Bavaresco, arquiteta, 35 anos, e Juliana Lima, empresária, 29 anos, de Alegrete, foram motivadas a participar do curso porque queriam buscar a autonomia feminina. “Quero aprender a usar a churrasqueira que tenho em casa”, disse Caren. “O que ainda me amarra aos homens é o fato de não fazer churrasco e nem trocar pneus. Ao aprender a assar, ficarei no lucro”, disse Juliana, sorrindo.

Fato é que as razões são diversas: simples curiosidade, necessidade ou satisfação. O que as mulheres querem, de verdade, é estar em constante aprendizado. E a atividade garante isto. De forma descontraída, Clarice ensina todos as etapas do churrasco. Da escolha da carne, aos utensílios utilizados, cortes selecionados de Carne Certificada Hereford e todas as suas características ao ponto perfeito do assado.

13240687_562112147284111_2809776696161910905_n

A aluna mais jovem tinha 23 anos e estava lá por que queria aproximar os amigos. “A integração que o churrasco promove não tem preço, gosto muito de carne e aprender a assar será uma satisfação”, afirmou a advogada Letícia Ereno.

Meio século de idade separa a aluna mais jovem de Rosa Pujol Correa, 72 anos. Natural de Quaraí, Rosa era só alegria na sexta-feira à noite. “Eu lia o informativo Pampa Pampiano e invejava as mulheres participando do curso em Florianópolis. Vi que até a ex-prefeita de lá participou e pensava quando teríamos um por aqui. Assim que o meu filho ficou sabendo desta edição em Alegrete fez a minha inscrição”, contou ela ao admitir que agora se sentirá mais segura em assumir o assado daqui para frente. “A Clarice é ótima, muito prática, tem facilidade em aceitar e responder as perguntas”, elogiou.

A atividade integrou a vasta programação da Nacional HB, que neste ano aconteceu entre os dias 16 e 21 de maio e contou com o apoio da Cabanha Casa de Carnes, de Alegrete (RS) e da Vinícola Guatambu, de Dom Pedrito (RS).

Por Tatiana Feldens, reg. Prof. 13.654

Ascom ABHB

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *


*

Translate »