Integração lavoura-pecuária: Braford desponta como alternativa rentável na região de Cruz Alta

Por em 1 de outubro de 2018

Com o tema o Inverno que dá Certo, encerrou na última quinta-feira (27) a participação da ABHB na 1ª FENATRIGO TEC, feira de tecnologia com foco no agronegócio que buscou discutir alternativas rentáveis para os produtores de Cruz Alta. Por ser uma região com vocação agrícola, com períodos entre a colheita e o novo plantio ociosos de até 5 meses, a criação de Braford tem sido uma solução para a economia local.

“É neste espaço que a pecuária de corte está se inserindo e a raça Braford despontando como uma ótima ferramenta de produção de animais precoces, com volume de carne e com um potencial de ganho de peso neste intervalo de tempo, que seria de março até outubro”, informou o Inspetor Técnico Credenciado pela ABHB, Emmanuel Cabral, que esteve por lá representado a Entidade junto com Marco Mostardeiro Silva, da Agropecuária Mostardeiros.

Mais de 50 pessoas comparecem à atividade, colhendo informações teóricas e práticas sobre o trabalho realizado pela ABHB nestes 60 anos de história a serviço da pecuária brasileira. “Falei sobre quem somos, o que fazemos, pontuei ações e projetos, além de destacar os Programas de Carne e de Melhoramento oficiais da ABHB. Sem esquecer da nossa PAC e de fazer um breve histórico das raças e caracterização racial”, resumiu Cabral.

Na parte da tarde, orientado pelo presidente do Conselho Deliberativo Técnico da ABHB, Aldo Tavares, foi realizada uma prática de julgamento de admissão dos animais, com o detalhamento das características das raças e especificações sobre o que buscar no mercado para ter um bom Braford produzindo a campo. “Orientei eles a procurarem animais produtivos e funcionais, com boas características e pigmentação, com bom volume de carne, com comprimento, bom perímetro escrotal, correto de umbigo e boas patas”.

Há alguns anos a raça vem sendo bem trabalhada na região, correspondendo às expectativas dos criadores. “Os animais respondem à pasto e conseguem dar ganhos satisfatórios para estes produtores. É uma região de grande potencial a ser explorado e eles estão muito satisfeitos com as ações que a ABHB tem feito na região. Estamos marcando o nosso território lá, sendo efetivos na região, somando 4 novos criatórios produzindo Braford de 2017 para 2018”, informou Cabral.

A atividade foi realizada de forma pioneira no Campus Universitário da Universidade de Cruz Alta e contou com mostra de oito exemplares Braford da Agropecuária Mostardeiros. “A inspiração de fazer a feira dentro da universidade veio do modelo americano. Gedeão Pereira, presidente da Farsul, também prestigiou o evento e falou sobre este pioneirismo”, disse Mostardeiro que admitiu estar muito satisfeito com os resultados atingidos.

Além de integrar a lavoura-pecuária, a propriedade está alcançando resultados excelentes com o gado, pois atinge os objetivos de ganho de peso com muita agilidade. “É uma raça muito precoce. Na Agropecuária Mostardeiros, por exemplo, em setembro o touro já está pronto para vender podendo assim sair da pastagem e dar lugar ao plantio do trigo”, disse ele.

 

Por Tatiana Feldens, reg. Prof. 13.654

Ascom ABHB

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*

Translate »