Criatório de Braford em SP, Fazenda Nova realiza 4ª Dia de Campo nesta sexta-feira

Por em 12 de junho de 2017

DiadeCampo_FazendaVilaNova

Acontece nesta sexta-feira, 16 de junho, a partir das 9 horas, a 4ª edição do Dia de Campo da Fazenda Nova, de propriedade do sócio e criador Lourenço Campos. Localizada no município de Santo Antônio do Aracanguá, na região de Araçatuba, interior de São Paulo, a propriedade dedica-se ao aperfeiçoamento da atividade pecuária, com a criação e seleção das raças Braford e Nelore.

Na oportunidade, pecuaristas vão poder conhecer o trabalho de seleção do criatório, além de acompanhar uma mesa redonda com profissionais e especialistas do setor, entres eles os gaúchos Bernardo Potter, da Agropecuária Caty, e Eduardo Eichenberg, Presidente da Conexão Delta G e da Estância Silêncio. Também estarão por lá o prof. José Bento Sterman Ferraz, da USP, e o especialista em Nelore Walter Domingues da Silva Júnior, do Melhora +, além do anfitrião do dia, Lourenço Campo, diretor da central Leilões e proprietário da Fazenda. Está previsto, também, a participação da Coordenadora do Programa de Melhoramento Genético da ABHB, a Médica Veterinária Thaïs Pires Lopa.

“Esperamos reunir cerca de 150 pessoas de todo o Brasil. Chamamos pecuaristas que já compraram conosco e que utilizam touros Braford. Ideia é deixar o microfone aberto para que eles possam dar os seus depoimentos sobre as raças”, informou o zootecnista João Campo, filho de Lourenço. Com transmissão ao vivo pelo canal do Boi, serão apresentados lotes de doadoras, touros e novilhas 2015, além de bezerros e bezerras 2016 das raças Braford e Nelore. O Dia de Campo antecede o leilão da propriedade previsto para ocorrer no mês de outubro.

O trabalho da Fazenda Nova com a criação de Braford teve início em 2005, em parceria com a Agropecuária Jacarezinho, de Valparaíso (SP). A propriedade também buscou na genética da Agropecuária Caty e da Estância Guatambu, no Rio Grande do Sul, subsídios para construir um rebanho Braford de alto padrão e adaptado as regiões mais quentes do país. Tem como objetivo somar 300 matrizes Braford em um período de 2 anos.

Por Tatiana Feldens, reg. Prof. 13.654

Ascom ABHB

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*

Translate »