Beth Schreiner traz cultura, tradição e ensinamento sobre carne de qualidade

Por em 19 de maio de 2017

BethSchreiner

Há mais de 17 anos no mercado de carne de qualidade, a Braseira Beth Schreiner, do Meat Shop Grill, sempre buscou disseminar, com muito respeito e profissionalismo, informações sobre o mercado da carne de qualidade. Médica veterinária de formação, a maestra churrasqueira foi a responsável por disseminar conceitos de Francis Mallmann à cerca de 30 mulheres na última quarta-feira (17), quando ministrou o II Curso de Churrasco para Mulheres da Nacional HB.  Segundo o mais famoso chef argentino no mundo, é preciso intuição feminina para fazer um bom assado.

“Meu lema sempre foi trabalhar a carne com muito respeito ao consumidor, sempre buscando o que eu conheço de melhor qualidade”, afirmou ela ao explicar a sua nova missão junto ao movimento nacional Mulheres Na Brasa, lançado em março deste ano e idealizado pela consultora de projetos relacionados à qualidade da carne Carolina Barretto.

“Somos dez mulheres que compõem um movimento chamado as Braseiras que têm essa mesma missão de levar para o consumidor final informações fidedignas sobre carne de qualidade, sem deixar de ensinar e dar dicas sobre como essa carne deve ser preparada”.

PicanhaCCH

E é assim que Beth conduz os seus cursos. De uma forma descontraída passa informações muito práticas para as mulheres, percorrendo desde a escolha do corte ao tempo do assado junto ao fogo. “Eu percebo que aqui no Brasil o consumidor sabe muito pouco sobre a carne bovina. No momento em que você educa você dá todas as ferramentas para o consumidor escolher o que ele realmente quer consumir e a Carne Hereford entra com toda a força, porque nós temos aqui no Rio Grande do Sul um oásis de produção de carne de qualidade, principalmente na fronteira oeste, o berço de toda essa genética”.

Parte desta produção gaúcha de Carne Certificada Hereford tem abastecido o Eataly, em São Paulo, espaço considerado a maior vitrine de consumidor final no Brasil. “E lá nós temos um consumidor ávido por qualidade. Hoje nós importamos de 30 a 35 mil carcaças mês da Austrália, do Uruguai e da Argentina para ocupar este nicho que seria da carne gourmet e o Rio Grande do Sul tem todos os atributos para produzir este tipo de carne”, informou a médica veterinária, ao completar que o grande desafio da pecuária gaúcha na atualidade é melhorar o acabamento dos animais e isso só se consegue suplementando animais à campo em épocas de escassez de forragem.

Público

“A nossa base deve ser melhorar a alimentação, já que genética nós temos para dar e vender. Por isso temos que melhorar as condições de pastagem, fertilização de solo, entrar com suplementação à campo. (…) Falta muito pouco, é um ajuste fino”.

Disseminando braseiras

BethCarnehereford

Beth tem viajado por todo o interior do Brasil, passando por grandes capitais também. Recentemente esteve em Porangatu, Goiás, participando da Vitrine da Carne junto com o consultor de carnes e açougueiro gaúcho Marcelo Conceição. Na bagagem, a missão de educar para o consumo.

Na última semana, esteve em Porto Alegre participando do primeiro evento oficial das Braseiras, realizado no restaurante Vermelho Burguer & Steaks. No próximo mês, dia 8, a atividade acontece em Florianópolis (SC). A proposta prevê um evento técnico.

“Além do jantar vamos ter uma jornada com palestras do Campo ao Prato, uma visão ampla e técnica da cadeia produtiva da carne, mesclando nutrição esportiva, padronização de cortes, indústria frigorífica, até a importância da carne na alimentação infantil. À noite teremos o encerramento no Meat Shop”.

CarneHerefordII

O título do evento em Florianópolis é Brasas e Sabores, unindo culturas. “Braseiras é isso, é levar cultura, tradição, ensinamento sobre a carne e toda essa questão da proximidade com o fogo, que é um lugar de união, de celebração, de mulheres ocupando este espaço ao redor do fogo”.

Depois de Florianópolis, o Projeto Braseiras vai para Belém do Pará, dia 24 de junho, onde irão participar de um evento chamado Carnívoros. A expectativa é de que mais de mil pessoas circulem pelo espaço.

Em Alegrete, o curso da Nacional HB contou com harmonização de vinhos e espumantes da Vinícola Guatambu e palestra sobre carne da Gerente do Programa Carne Pampa, Fabiana Freitas.

Por Tatiana Feldens, reg. Prof. 13.654

Ascom ABHB

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *


*

Translate »